Carregando...
Alimentação

Alimentação nas escolas

Escola que oferece alimentação de baixa qualidade, vem cá. Meu papo é contigo.
 
Visitando várias escolas este ano, a decepção foi enorme.
 
Quando a escola assume a responsabilidade por oferecer a alimentação, ela deve montar um cardápio decente, promover uma alimentação saudável e melhorar (ou dar continuidade) a hábitos alimentares que beneficiam o indivíduo. Deveríamos ficar tranquilos ao saber que a escola, espaço de aprendizado constante, preocupa-se com a alimentação das crianças. No entanto, o que tenho visto de absurdos não tá no gibi.
 
Não adianta só incorporar fruta no cardápio e achar que é saudável. É preciso olhar para a alimentação com um olhar mais atento e, principalmente, ler rótulos. Gostaria muito de ter certeza de que as escolas sabem o que estão fazendo quando oferecem o lanche.
 
Tenho visto uma série de absurdos e vou enumerar alguns:
 
Aquele biscoito famoso de “água e sal” –>  ingredientes: farinha de trigo rica com ferro e ácido fólico, gordura vegetal, malte, leite em pó, açúcar, sal, fermento biológico e fermento químico: bicarbonato de sódio e fosfato monocálcico. Diga aí, o que tem de bom nesse biscoito? É basicamente uma mistura de farinha branca e gordura vegetal. Não acrescenta em nada na dieta da criança. Tem marca que tem até gordura trans, que não é recomendada pela OMS. Não é um biscoito inocente de água e sal.
 
Aquele biscoito docinho oferecido a bebês → ingredientes:  farinha de trigo rica com ferro e ácido fólico, açúcar, amido de milho, gordura vegetal, açúcar invertido, leite em pó, malte, sal, fermentos químicos: bicarbonato de sódio, bicabornato de amônio e fosfato monocálcico, emulsificante: lecitina de soja e aromatizantes. Mesmo problema da farinha branca e gordura vegetal do cream cracker. Sendo esse lotado de açúcar! O segundo ingrediente em maior quantidade é o açúcar. 10 unidades de biscoito Maizena contêm 35g de açúcar. A OMS recomenda a ingestão de, no máximo, 25g por dia. Ou seja…
 
Bisnaguinha → ingredientes: farinha de trigo enriquecida com ferro e ácido fólico, açúcar, gordura vegetal, ovo, glicose de milho, sal refinado, glúten, leite integral, emulsificantes lecitina de soja e estearoil 2-lactil lactato de cálcio, conservador propionato de cálcio e acidulante ácido ascórbico. Aquela fofurinha é basicamente farinha branca + açúcar + gordura vegetal. Parece salgado, mas 2 bisnaguinhas possuem 20g de açúcar, quase que o total permitido pela OMS. O que tem de bom aí?
 
Pão francês (tá em todos os cardápios!): é um alimento tradicional, mas é uma mistura de farinha branca (carboidrato pobre) e seu consumo frequente pode levar ao aumento de peso e diabetes. Um pãozinho francês pode conter 20g de açúcar. É gostoso, mas servir mistureba de farinha branca, sal e açúcar frequentemente é preocupante.
 
Aquele achocolatado famoso → ingredientes: açúcar, cacau em pó, maltodextrina (mais açúcar!), minerais (carbonato de cálcio e pirofosfato férrico), vitaminas (L-ácido ascórbico, niacinamida, riboflavina, acetato de retinila, cloridrato de piridoxina, colecalciferol e cianocobalamina), emulsificante lecitina de soja e aromatizante. Açúcar em primeiro lugar, ou seja, é o ingrediente em maior quantidade. Olha, se for pra servir achocolatado, serve logo com a seringa de insulina, viu? É mais coerente. Sem falar no tanto de ingrediente que eu nem consigo pronunciar. Socorro!
 
“Iogurte” de morango: leite reconstituído parcialmente desnatado, preparado de morango e cereal (água, AMIDO MODIFICADO, AÇÚCAR, cereal à base de arroz, polpa de morango, farelo de aveia, vitaminas e minerais (A, D, cálcio e zinco), aromatizantes, corante natural carmim, espessante goma guar, acidulante ácido cítrico, conservador sorbato de potássio e edulcorante SUCRALOSE), XAROPE DE AÇÚCAR, soro de leite em pó e fermentos lácteos. Tudo que tá em letrão corresponde a açúcar? Esse danadinho tem vários nomes pra nos enganar, né? 1 potinho dessa gracinha tem 28g de açúcar – ih, passou da cota recomendada pela OMS!
 
Eu poderia passar o dia escrevendo sobre os cardápios escolares embora eu não seja profissional da área. Sou curiosa, leio a lista de ingredientes, mando e-mail pra empresa perguntando a quantidade certa de açúcar do produto. Não adianta me dizer que é só substituir o lanche do meu filho. Eu não quero que ele seja o diferentão. Eu quero que TODAS as crianças estejam protegidas. Não tenho interesse nenhum em salvar só a alimentação do meu. O coletivo importa. O que eu não quero pro meu filho, não quero pro filho de ninguém. Não vou me dar o trabalho de sugerir cardápio. Já faço isso na minha casa. A alimentação das crianças na escola é responsabilidade da escola. Lanche escolar não é exceção. Acontece CINCO vezes por semana. Diante de uma epidemia de obesidade infantil, crianças diabéticas e com colesterol alto, a responsabilidade é também da escola. Assumam isso. Vocês também deveriam cuidar do bem estar infantil. Vocês também são responsáveis por esse monte de criança doente! Criança come o que é oferecido a ela. Logo, se porcaria é oferecida, é porcaria que elas vão comer.
 
Como anda o cardápio da merenda escolar na escola dos seus filhos?
{Eu sei que o valor estipulado por aluno é baixo, mas isso não justifica o caos na merenda escolar.}
One comment
  1. Fabiano Zimmer

    você deve ser uma hipócrita que console isso todo dia ou quando vai sair pra divertir com amigos ou familia e seja lá o que for, deve consumir refrigerantes e fast food e outros alimentos diversos, deixa de hipocrisia que de saudável você também não deve ter nada.

Leave a Reply

Favoritos da Dany
Por favor, aguarde!

Cadastre o seu email e receba as nossas atualizações!

Digite seu nome e email e receba nossas atualizações assim que eles forem postados. Seja sempre o primeiro a saber das novidades!
%d bloggers like this: