Carregando...
InfânciaMaternidade

Sobre criar meninas fortes

“Ontem de noite eu e minha filha de dois anos estávamos deitados na minha cama, esperando minha esposa chegar dos estudos.

Pra fugir do sono, a menina começou a sacudir as pernas e me acertou no nariz.

Eu peguei o pezinho dela e disse: filha, cuidado, assim você machuca o nariz do papai. E ela nem deu bola.

Aí eu disse: filha, você é forte, cuidado.

Quando eu falei “você é forte” os olhinhos dela brilharam e ela abriu um sorrisão. E eu me dei conta, e quase chorei: acho que ninguém nunca tinha dito assim que ela é forte. Bonita, simpática, delicada, tudo isso ela ouve, mas forte não. E ela é forte, o chute dela dói de verdade!

Ficamos uns minutos brincando com ela chutando minha mão, eu elogiando a força dela, e ela rindo, até ela cansar e pegar no sono.”
Relato de um pai de menina

Comentários

comments

Deixe uma resposta

Favoritos da Dany
%d blogueiros gostam disto: