Carregando...
Blog

Festinha de 2 anos!

Artur fez 2 anos há 2 meses, no dia 11 de setembro. Esse ano foi muito mais legal porque ele realmente tinha os amiguinhos dele pra convidar. Os amigos que estão com ele praticamente todos os dias lá embaixo no parquinho do condomínio. Ele conhece todos, sabe os nomes e brinca com eles quase que diariamente. Como o salão do prédio não é enorme, tive que abrir mão de uns amigos meus pra convidar os amigos dele, claro. Nada mais justo. 
Ele ainda não sabia escolher o “tema” da festa. Então, eu fui prestando atenção no que ele gostava e definitivamente ele ama bichos. Adora animais, imita todos. Uma fofura! Foi uma graça ele reparando na decoração. Olhava atentamente os bichinhos, apreciava os detalhes. Acho muito engraçado quando ele chega em qualquer festa. Ele gosta de ver a mesa do bolo, gosta de ver a decoração. Criança geralmente não liga pra isso, né? Com 2 anos, então… Mas, ele curte ver os detalhes da festa. O tema foi floresta!
Esse ano teve fritura na festa. Muita! Salgadinho frito e refrigerante. No ano passado optei por comidinhas leves e deliciosas, mas teve reclamação (quando não tem, né?). Esse ano não quis me estressar. Ainda falta muito para as pessoas aceitarem a opção do coleguinha, sabe? A única coisa que fiz foi uma mesa separada para as crianças, na altura delas, com comidinhas que elas podiam comer à vontade. Assim, quem não quisesse que a criança comesse besteira, tinha a opção de escolher várias comidinhas legais lá. 
Conseguimos fugir mais uma vez de temas comerciais! Fico feliz quando não preciso fazer propaganda usando meu próprio dinheiro. Não sei até quando isso vai rolar, mas espero que dure algum tempo. Sem falar que acho muito mais legal criar tudo do zero. Claro que é mais fácil achar tudo da Galinha Pintadinha, mas cadê a autenticidade? Quando ele pedir festa do Mickey, eu sento e choro, rs. Ou tento contornar a situação como fez a Line
Chamei uma animação tipo a do ano passado: lúdica, voz e violão, brinquedos de madeira, massinha feita na hora. Bem legal! Uma animação sem microfone, sem gritaria, sem competição, sem música imprópria pra criança. Na verdade, eu acho que nem precisa de animação e já é uma coisa a menos que vou fazer no ano que vem. Como resolvi contratar, que fosse um proposta que respeitasse a infância.
No próximo post, conto sobre a decoração, que amei fazer!
Já contei que amo fazer a decoração, né?
Pois é. AMO!

Comentários

comments

One comment

Leave a Reply

Favoritos da Dany
%d bloggers like this: