Carregando...
Blog

Escola nova, desafios novos

A gente pensa que passando aquela fase de adaptação no Maternal nossas preocupações estarão resolvidas. Então, a vida dá uma volta e você se vê novamente tendo que passar por todo o processo de adaptação ao novo colégio. Mais tranquilamente, claro. Afinal de contas, o filhote já está no 4º ano (passou rápido demais!). 
A escola é tradicional e católica – é o contrário do que eu queria de verdade. No entanto, teríamos que pagar o dobro para que ele estudasse na escola dos meus sonhos. A escola dos meus sonhos guia os alunos para um mundo de descobertas, experimentação, observação e, consequentemente, os alunos aprendem. Acontece que essa escola é longe e cara demais. No mundo real, não adianta sonhar com a escola ideal. É preciso ter dinheiro pra bancá-la, sejamos realistas. 
A escola que escolhemos tem uma ótima estrutura, bons professores e a Coordenação parece que sabe o que está fazendo. Estou confiante. Além disso, tive ótimas recomendações de pessoas em quem confio. É próxima do meu prédio e eu posso levar e buscar o pequeno – isso foi fundamental pra nossa escolha. 
Nessa primeira semana, Caio ficou muito bem na escola. Apesar de ser tímido, tentou fazer amizade e eu fiquei orgulhosa do meu filho. Eu sei como é difícil pra ele vencer a timidez. Ele está motivado e feliz. O que importa pra mim é ver seu sorriso na hora da saída – isso é bom sinal. 
No caminho de volta pra casa, ele sempre vem me contando as novidades. Tem uma sala muito legal só de Artes. Tem que rezar não-sei-o-que-lá-pai-nosso, segundo ele. rs Tem futebol todo dia no recreio. Tem um monte de professora, mais ou menos uma pra cada matéria. Tem amigo com sotaque do Nordeste. Tem menino que xinga na hora do recreio. Tem amigo da antiga escola que também se mudou. Tem cachorro-quente na cantina (mas cantina, só às sextas-feiras). Tem professora de História calminha, calminha. Tem professora de Português muito agitada. “Professora de Português é assim mesmo”, disse ele. Tem professora que escreve rápido demais no quadro. 
Enfim, tem um mundo novo o cercando. Um mundo pra ser desvendado. E meu papel é ajudar o pequeno nessa nova fase. Bora ver no que vai dar!

Comentários

comments

8 comments
  1. Andrea Viviana Taubman

    Dany, você já leu meu 2o livro, A ESCOLA QUE EU QUERO PRA MIM? Ela não é distante,nem cara…é apenas um ambiente gentil, que é tudo que precisamos para alcançar a felicidade. Beijos carinhosos, Andrea

  2. Micha Descontrolada

    fiquei curiosa pra saber q escola longe e cara é essa..
    a q o Caio está estudando já imagino qual seja. é bem conceituada na cidade.
    e q bom q ele está gostando!!! cheio de novidades pra contar.
    a vida dele vai ser outra, pode ter certeza. não é preconceito, mas de sair de SG, já muda mta coisa. digo isso pq tb saí de lá. é um novo mundo a desbravar!!!

    boa sorte a todos.

    /(,”)\
    ./_\. Beijossssssssss
    _| |_┌──»ʍi૮ђα ツ

  3. Kátia Ruivo

    Vai dar tudo certo, D any, tenho certeza e Caio é mto esperto, vai se adaptar mto bem a tudo. Além disso, ele tem uma mãe especialista para orientá-lo nas dificuldades. boa sorte pros dois!

  4. Eliane Cezar

    Boa sorte para o seu filhão nessa nova fase da vida. Que ele se adapte à escola nova… as escolas católicas, apesar da questão religiosa, costumam ser muito comprometidas com a formação do cidadão. Tomara que essa siga essa linha!

    Bjos!!! Tudo de bom para vcs!!!

  5. Karine

    Sinal de que ele está curtindo as mudanças na vida dele e de que está aceitando tudo na boa.
    E que bom que você o matriculou nessa escola. Também nao curto ensino religiosa, nem nada. E se eu tivesse filhos também entrariam nessa escola longe e cara. Ela faz parte dos meus sonhos também porque trabalhei lá.

    Torço pelo Caio. Torço por vocês. E Joanna ainda está na mesma escola, só que no 3º ano. Sim, passa rápido demais, menina.

    Beijos no coraçao.

Leave a Reply

Favoritos da Dany
%d bloggers like this: