Carregando...

Mês: abril 2017

Uma chance de morar na praia

Quero dizer a todos vocês, leitores, que surgiu uma oportunidade de morar na praia. Nós três no carro ontem indo ao restaurante. Caio diz: “Pai, quando eu crescer, vc vai morar comigo?” Renato: “Como assim?” Caio: “É porque eu vou morar na praia e você pode morar comigo.” Eu rapidamente me manifestei com medo de ficar fora dessa! Eu: “Mamãe [leia mais…]

Ensino Religioso

Li uma reportagem que me fez pensar muito sobre ensino, religião e respeito à individualidade. Além de outros temas polêmicos, o que mais chamou a minha atenção foi o “ensino religioso nas escolas públicas de um Estado laico”. (Fonte: http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20090824/not_imp423560,0.php) Estou eu aqui visualizando uma sala de aula com 50 alunos mais ou menos (realidade de uma sala de aula [leia mais…]

Dia dos Pais – 1ª parte

Ontem foi Dia dos Pais e, como alguns de vocês já sabem, o meu se foi quando eu ainda era criança. Nessa data, especificamente, eu me sinto muito mais “triste” pela falta do meu pai. Triste nem é bem a palavra porque eu já superei isso – eu acho…rs. Deveria ser um dia como outro qualquer, mas não dá para [leia mais…]

Gripe do porquinho

O título é gripe do porquinho porque eu não aguento mais ouvir falar em gripe suína. Acabo de ler no jornal que as aulas serão adiadas mais uma vez na rede pública. A volta seria no dia 10 de agosto, mas agora só no dia 17. Isso está valendo para as escolas públicas e eu acredito que as particulares seguirão [leia mais…]

Ser humano digital

inha mãe comprou um celular há pouco tempo. O primeiro celular da vida dela! Isso é marcante. O fato é que ela fica toda boba quando o telefone toca ou quando faz um barulhinho de mensagem. Morro de rir. Ela não sabe mexer em nada, gente. Tadinha. E aí ela tem 30 torpedos para mandar “de graça”. Resolvi ensinar como [leia mais…]

Taca a mãe pra ver se quica!

Eu sou uma pessoa muito boazinha. Sou mesmo. Politicamente correta, eu diria. Não jogo lixo no chão, dou meu lugar no ônibus para velhinhos, uso as palavrinhas mágicas (obrigada, por favor…), sorrio para as pessoas sempre, presto atenção na pessoa que está falando (tem gente que não dá a mínima!), ofereço o que estou comendo, trabalho sábado à tarde (rs)…Mas [leia mais…]

Favoritos da Dany